Paisagem na janela

Lô Borges e Fernando Brant

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Da janela lateral
do quarto de dormir
vejo uma igreja, um sinal de glória
vejo um muro branco e um vôo pássaro
vejo uma grade, um velho sinal

Mensageiro natural
de coisas naturais
quando eu falava dessas cores mórbidas
quando eu falava desses homens sórdidos
quando eu falava desse temporal
você não escutou
você não quer acreditar
mas isso é tão normal
você não quer acreditar
e eu apenas era

Cavaleiro marginal
lavado em ribeirão
cavaleiro negro que viveu mistérios
cavaleiro e senhor de casa e árvores
sem querer descanso nem dominical

Cavaleiro marginal
banhado em ribeirão
conheci as torres e os cemitérios
conheci os homens e os seus velórios
quando olhava da janela lateral
do quarto de dormir
você não quer acreditar
mas isso é tão normal
você não quer acreditar
mas isso é tão normal
um cavaleiro marginal
banhado em ribeirão
você não quer acreditar

Voz: Lô Borges
Piano: Lô Borges
Guitarra: Nelson Angelo e Tavito
Baixo: Beto Guedes
Bateria: Rubinho
Coro: Beto Guedes e Milton Nascimento
| | |

Fale na Esquina

Fale na Esquina

Deixe uma mensagem

4 Mensagens para Paisagem na janela

  1. nayara disse:

    ai tive q estudar sobre este grupo e estudei gostei do grupo de suas musicas de suas superaçoes gostei bastante principalmente dessa musica achei q era so pras pessoas + velhas + nao e nao bacana de mais adooorei sabe gente parabennnnnnnns gente muito bacana esse seus trabalhos

  2. Maria disse:

    É só começar a ouvir a música que o cenário, que naturalmente montei pra ela, me vem à cabeça… e aí trás uma sensação boa do começo ao fim! Essas músicas realmente tocam a gente, com letras e melodias perfeitas.

  3. Tiago Cardoso disse:

    Show de mais. Isso é que é música. Abraços desde Vitória da Conquista, Bahia.

  4. Felipe Maya disse:

    Essa musica é muito especial para mim . Ainda garoto , eu tocava em uma banda amadora no terraço da casa da minha '' na época '' namorada ,hoje em dia minha esposa , só que o terraço por ser aberto o som se propagava , e os vizinhos acabaram nos expulsando dali . Sem lugar para tocar a banda aos poucos ia morrendo ,até que um dia na mesma rua quando voltava da escola vi um senhor tocando em sua casa ,que por sinal era um terreno enorme com estrutura e equipamento de estúdio , tocava Paisagem da Janela , a música me chamou atenção de uma forma incrível parecia que já tinha ouvido em outro lugar ou quando era criança , parecia um reencontro . Esse senhor sedeu o lugar para ensaiarmos com uma condição , ser a banda de apoio dele em shows . e qual era o repertório ? o album completo do Clube da Esquina de 1972 .Bom tempo que não volta mais ….