Fernando Pimentel

| | |

Fernando Damata Pimentel nasceu em Belo Horizonte (MG), em 1951. Em 1968, na capital mineira, ingressou na militância política quando estudava no Colégio Estadual Central de Minas Gerais. Vinculou-se às organizações de resistência à ditadura e foi perseguido pelos órgãos de repressão, o que o levou à clandestinidade e à prisão, entre 70 e 73. Libertado, retomou a vida estudantil e formou-se em Ciências Econômicas pela Universidade Católica de Minas Gerais em 1978. Em 1981, conclui o mestrado em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais. Durante 17 anos, trabalhou como Diretor Financeiro da Empresa Belorizonte Couros S/A. Dirigiu o Sindicato dos Economistas de Minas Gerais entre 1986 e1992. Professor universitário, foi vice-presidente da APUBH – Associação Profissional dos Docentes da UFMG, em Belo Horizonte, de 1985 a 1987. Em 1991 e 1992, presidiu o Conselho Regional de Economia de Minas Gerais, colegiado para o qual foi eleito conselheiro por duas vezes. Em 1993, foi nomeado secretário Municipal da Fazenda da Prefeitura de Belo Horizonte. Eleito vice-prefeito da capital mineira, em 2001, durante seu mandato Pimentel dirigiu a Secretaria de Governo, Planejamento e Coordenação Geral e, após o prefeito Célio de Castro aposentar-se, assumiu a prefeitura. Casado e com dois filhos, ele foi eleito prefeito da capital mineira nas eleições municipais de 2004.

Depoimento

E o Museu do Clube da Esquina, com certeza, vai ser um local adequado pra que a gente tenha a memória viva desse que foi o período dos mais importantes, se não o mais importante, da história musical da nossa cidade e do nosso país. Leia todo o depoimento

Fale na Esquina

Fale na Esquina

Deixe uma mensagem