Juvenal Pereira

| | |

Juvenal Eustáquio Pereira nasceu em Água Suja, Minas Gerais, em 24 de novembro de l946. Veio de uma família de 16 irmãos. Seu pai, com quem teve grande identificação por ser músico, morreu quando Juvenal era adolescente. Esta perda o levou a trabalhar desde cedo em uma sapataria. Depois, trabalhou como office-boy. Aos 21 anos trocou uma espingarda por uma máquina fotográfica. Fez um curso de fotografia e, em 1969, começou a trabalhar na revista O Cruzeiro como fotógrafo na Bahia. Mudou-se para Brasília e trabalhou em vários jornais e revistas. Fundou a União dos Fotógrafos de Brasília onde ficou até 1981. Mudou-se para a capital paulista onde vive até hoje. Foi fundador da União dos Fotógrafos de São Paulo, trabalhou no jornal O Estado de S.Paulo e criou, em 1991, o Mês Internacional da Fotografia. Atualmente, dedica-se ao livro “Brasil, meu Olhar Enternecido”.

Depoimento

Tinha fotos da gravações, mas também tinha os retratos dos amigos que o Milton queria homenagear, que ajudaram ele. Aqueles são os amigos do Clube. Leia todo o depoimento

Galeria

Fale na Esquina

Os comentários estão encerrados.