Joyce

E, se existir uma geração tão brilhante, modéstia à parte, como a nossa, que foi e é uma geração com muito brilho, é preciso ter essa informação e essa memória para que ela possa ser, de preferência, mais brilhante que a nossa.

Fale na Esquina

Fale na Esquina

Deixe uma mensagem