Pacífico Mascarenhas

Eu acho muito interessante essa iniciativa de preservar a nossa história de Belo Horizonte e, principalmente, do Clube da Esquina. É um movimento que ficou. Nunca ouvi falar de outro movimento de música que não seja esse aqui, em Minas Gerais.

Fale na Esquina

Fale na Esquina

Deixe uma mensagem